domingo, 4 de outubro de 2015

AH, O AMOR VERDADEIRO...

Em tempos modernos, nos dias atuais onde o foco de tudo de concentra em uma telinha de vidro, onde o que acontece ao redor fica esquecido, em último plano, porque dizer em segundo plano seria sorte demais... 

Onde os sentimentos, o que realmente tem valor, o que realmente importa, tem seus devidos lugares substituídos por banalidades e a total falta de valores, ainda existem, raros, mas existem, as pessoas que estão acima desse mundo mesquinho e sem graça em que vivemos nos dias de hoje.

Sou um fora do padrão, eu acho, sou sonhador, sou romântico, procuro ser otimista na maioria das vezes, mesmo quando vivo tropeçando, e quando tenho a sorte de cruzar com pessoas assim, verdadeiras, que se importam com a simplicidade da vida, com o que realmente importa, com o amor recíproco, verdadeiro, que dão valor ao relacionamento, a parceria, que vivem a verdade da vida, é impossível não se emocionar e desejar felicidades infinitas a elas.

Por isso escrevi esse texto como uma forma de expressar minha alegria a um casal de amigos, virtuais, mas amigos, que formam um casal que conjugam da forma mais bonita o verdadeiro significado do companheirismo. Para vocês guris, em forma de poesia os meus mais sinceros votos de que sejam felizes para sempre! 


Ah, o amor verdadeiro...

O tempo passa
O mundo muda
Os conceitos e as verdades
Perdem suas cores

Mas mesmo assim
Ainda assim
Sobrevivem os de corações
Que pulsam amor verdadeiro

Sobrevivem os que
Sabem dar valor as coisas
Simples da vida
Ao que realmente importa

E eles vivem
Vivem com toda força
Cada momento
Juntos

A reciprocidade
O companheirismo
Cada olhar
Cada toque

Juntos 
Se completam
Juntos 
São um
Juntos 
São a poesia 
Em sua forma humana

Sublimes
Não há nada
Que possa ofuscar 
A beleza desse sentimento

Verdadeiro
Transparente
Tão cheio de encanto
E que seja sempre assim

Juntos
Construindo cada dia
Repleto de cumplicidade
Aprendizado
Fortalecimento

E que seja sempre assim
Juntos
Escrevendo uma linda
História com final feliz

Por Luiz G

2 comentários:

Pablo Queiroz disse...

Um verdadeiro poema de candura. Amordorei Luiz. Obrigado pelas belíssimas palavras. Obrigado pelo encanto da poesia. Obrigado pela amizade verdadeira. Beijos do Pablo!

DESCOMPORTAMENTO disse...

Fico feliz que tenha gostado Pablo! O poema foi escrito com o coração e com todo carinho para você e o Lucas. Vocês formam um casal lindo e o amor de vocês deve ser homenageado. Desejo a vocês guris, muitas, muitas, mas muuuuuuuuuitas felicidades!!! Eu que agradeço por ter como amigos tão especiais como vocês são! Beijão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...